Anos 20: Anos Loucos

1920, considerado o ano em que as mulheres rompem barreiras. Os homens voltam da guerra e começam a se preocupar com essa independência feminina que se deu em sua ausência, mas mulheres não param de trabalhar e a Moda militar começa a aparecer.

A grande Influência de estilo da época era a Art Déco, completamente diferente da Art Noveau, que falamos no post sobre a Bella Époque (leia AQUI). A Art Déco usa formas geométricas nas arquiteturas, esculturas, joias, luminárias e móveis. Foi  visto na época como estilo elegante, funcional e ultramoderno.

Nessa época a Cartier lança o primeiro relógio de pulso, e diferente do formado de círculo que era usada nos relógios de bolso, agora eram quadrados e retangulares.

Os anos 20 tinha uma moda tubular ou retangular. A marcação da cintura feminina desce para o quadril, por conta da marcação da calça masculina que também era no quadril, deixando a cintura rebaixada.

O  Estilo andrógeno que começou na 1º Guerra continua, e as mulheres usavam achatadores nos seios para disfarçar suas curvas. E os vestidos iam até a canela, os mais curtos iam até a altura do joelho e eram usados a noite, com decotes profundos nas costas e sem anáguas. Usavam também tiras de tecidos jogados no pescoço para trás.

Os sapatos e meias ficaram mais visíveis por conta da altura dos vestidos e assumiram destaque. Surgiram uma grande variedade de meias de diferentes cores e a fabricação dos sapatos passa a ser em massa.

O estilo La Garçonne continuou em evidência, deixando os cabelos tão curtinhos que era muito difícil distinguir homem de mulher. A diferença era que as mulheres usavam batons vermelhos deixando a boca em formado de coração, os olhos muito pretos e sobrancelhas finas desenhadas a lápis. O uso contínuo do chapéu clochê era quase que obrigatório.

Surge nessa época as Melindrosas, moças que vestiam saias curtas, cortavam o cabelo curtíssimo, escutavam jazz, dançavam charleston, fumavam, bebiam e desacatavam a tradicional conduta feminina da época.

 

A moda masculina da época era mais ousada que a feminina. Os artistas usavam sapatos bicolores; calças estilo marinheiro; camisas amplas; chapéu coco (tipo os do Chaplin); relógio de bolso; colarinho oval e colado no pescoço também fazia parte do visual masculino.

Os meninos mais novos usavam bermudinhas, como as que o Príncipe George usa atualmente e a roupa do personagem Kiko, do Chaves também era muito usada. Os maiôs surgem, e os macacões de banho sobem.

Surgiram nessa época grandes nomes como Coco Chanel, que trouxe seu estilo minimalista, confortável e ousado para a moda feminina. Responsável também por trazer as semi-jóias ao guarda-roupas das mulheres. E Jean Patou, criador do sportwear. 

Além desses, Jeanne Lanvin, Madeleine Vionnet, e Elsa Schiaparelli são alguns dos estilistas que merecem destaque dessa época.

Em breve teremos mais posts falando especificamente de cada um desses grandes nomes da moda.

 

*Post escrito por Lala Zeferino, com base nos meus estudos em livros e nas aulas de História da Moda ministrada pela Professora Monica Mansur

3 comentários em “Anos 20: Anos Loucos

  1. Pingback: Anos 50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s